Nesta 1.ª semana, colocamos na escada da Cruz, imediatamente a seguir à palavra “Amor” o primeiro atributo, como programa de vida: o amor é paciente (1 Cor 13,4).

Nesta 1.ª semana, colocamos na Cruz, imediatamente a seguir à palavra “Amor” o primeiro atributo, como programa de vida: o amor é paciente (1 Cor 13,4).

O dia litúrgico é de Cinzas, mas nenhum pó da terra consegue encobrir o encanto deste que é também o dia dos namorados.E na coincidência destas duas datas,a Quaresma desafia-nos a não deixar esfriar o amor e a deixarmo-nos mover pelo amor de Deus, que Se entrega na Cruz!

Jesus continua a curar. A curar os doentes e a salvar pessoas. A fazer desaparecer a lepra e a destruir as barreiras do egoísmo. Tudo para a maior glória de Deus. E a glória de Deus é o homem vivo: são e salvo, curado e salvado no Seu amor. Por isso, conscientes da nossa impureza, pedimos ao Senhor que nos limpe. Que nos purifique. Que o toque da Sua mão misericordiosa nos deixe limpos, para participar na Sua mesa.

Do nascer ao pôr do sol, Jesus encontra tempo para rezar na sinagoga e em lugares desertos, tempo para ensinar na sinagoga e pelo caminho, tempo para curar na casa de Simão e à porta da cidade. Reunidos hoje à Sua volta, é a nós que Jesus quer pregar, é a nós que Jesus quer curar. É connosco que Ele quer rezar. 

Pág. 1 de 29
Top
Usamos cookies para garantir uma melhor navegação no site. Ao continuar a utilizar este site, está a dar o seu consentimento. Mais detalhes…